Your webbrowser is outdated and no longer supported by Microsoft Windows. Please update to a newer browser by downloading one of these free alternatives.

O que é?

A produção de citrinos encontra-se espalhada pelos cinco continentes, e estes constituem a cultura de árvores de fruto mais valiosa em termos de comércio internacional.

As principais plantas do pomar citrícola português são a laranjeira, a tangerineira e o limoeiro. Portugal foi o principal responsável pela introdução e expansão da laranja na Europa. Este citrino foi trazido da Índia por comerciantes portugueses no século XV.

Os frutos dos citrinos possuem odor e sabor adstringente que é bastante característico, e que se deve à elevada quantidade de ácido cítrico que contêm. Os citrinos são uma excelente fonte de vitamina C que é um dos mais poderosos antioxidantes, contribuindo para a diminuição do risco de alguns tipos de cancro, para a promoção de um bom funcionamento cardíaco, de uma visão saudável e do fortalecimento das defesas naturais do nosso organismo. 

Muitos dos frutos dos citrinos são consumidos ao natural, ou na forma de sumos, sendo de destacar o sumo de laranja que constitui uma popular bebida de pequeno-almoço. Os citrinos mais adstringentes como o limão e a lima, são usados na preparação de bebidas refrescantes como limonadas, em que o seu sumo é diluído em água à qual é adicionada açúcar.

Nos molhos para saladas o sumo dos citrinos desempenha, igualmente, um papel importante, conferindo ainda um aroma especial quando espremido sobre alguns pratos de carne, peixe e marisco. Os citrinos ocupam, igualmente, um lugar de destaque na doçaria, sendo a sua casca usada para perfumar doces, geleias e gelados e o sumo ingrediente importante na elaboração de bolos, pudins, tortas e outras sobremesas.

Com tanta variedade de citrinos e opções ao seu dispor, não há razões para que não ponha mais sumo na sua vida!