Your webbrowser is outdated and no longer supported by Microsoft Windows. Please update to a newer browser by downloading one of these free alternatives.

O que é?

O queijo torna-nos mais felizes, pelo enorme prazer que nos dá o contacto com um produto de sabor tão intenso e variado. Torna-nos mais saudáveis, porque o queijo permitiu a muitas gerações, a proteína e o cálcio, essenciais ao crescimento muscular e ósseo, quando o leite rareava. Por fim, torna-nos mais conscientes das nossa raízes históricas, porque o queijo está há muito associado à aventura humana na Península Ibérica.

O leite de ovelha é ligeiramente mais adocicado que o leite de vaca. Á medida que este leite matura, origina queijos com sabor a nozes, sabor a caramelo ou cebolas caramelizadas e até a lã molhada. Curiosamente, apesar dos diversos queijos existentes serem produzidos através de processos algo semelhantes, que permitem ao leite fermentar e coagular, todo o resto é feito de maneira específica em cada região, o que permite a existência de milhares de distintas variedades de queijos.

Cuidados a ter com o queijo: consumir moderadamente na medida que têm um valor calórico elevado. Variar, pois diferentes tipos de queijo apresentam diferentes composições lipídicas, com valores mais baixos de gordura para os queijos frescos e mais elevados nos de pasta dura. Preferir queijos com indicação clara nos rótulos de Denominação de Origem Protegida (DOP) ou com Indicação Geográfica Protegida (IGP) que implicam uma verificação sistemática do cumprimento das regras de produção e da sua qualidade final. Proteger o que é nosso neste final de século global, é gostar deste país e daqueles que produzem com carinho e rigor os nossos prazeres mais íntimos.